Parece estar a navegar neste site usando o Internet Explorer 6. Este navegador está desatualizado.
Para uma pesquisa mais segura e fiável recomenda-se efetuar o upgrade do seu navegador para um destes navegadores:

Firefox / Safari / Opera / Chrome / Internet Explorer 8+

Cidade e Viagens

Ao final da tarde ou à noite, pode tirar fotografias muito bonitas. No entanto, para evitar desilusões, recomendo que se prepare muito bem.

Uma boa preparação é metade do sucesso

No início, familiarize-se o melhor possível com as funções da sua câmara e aprenda de cor a posição de todos os botões e seletores e o que fazem. Certifique-se de que a bateria está completamente carregada e que o cartão de memória está vazio. Limpe as suas objetivas antes de sair. Para maior segurança, embale uma bateria e cartão de memória sobressalentes bem como um pano de objetiva na bolsa para a câmara.

Usar uma objetiva grande-angular

Para fotografar numa cidade, recomendo fortemente uma objetiva grande-angular ou uma objetiva de zoom grande-angular (por ex., uma objetiva de 9-18 mm; equivalente em 35 mm: 18-36 mm), uma vez que os espaços abertos amplos são raros e na sua maioria, você estará perto de edifícios. A minha favorita é a objetiva Olympus M.Zuiko Digital ED 7-14 mm F2.8 PRO, que levo sempre comigo. Uma objetiva rápida como esta facilita a boa qualidade de imagem.

Além de escolher o seu equipamento, também terá de decidir o que pretende fotografar. A melhor altura para tirar fotografias depende do que pretende alcançar. Por exemplo, se quiser fotografar um céu bonito e detalhes, é melhor começar meia hora antes ou após o nascer do sol ou pôr-do-sol. Estas alturas são chamadas de “hora azul” e “hora de ouro”.

Quer um céu escuro? Então saia a uma hora mais tardia até altas horas da noite. Se quiser trilhos de luz ou faróis de automóveis, certifique-se que fica de pé num viaduto, uma ponte ou em algum lugar semelhante. A função Composição ao Vivo da Olympus é ideal para isto. Se está bem preparado, então pode partir com uma boa sensação e regressar com resultados satisfatórios.

Garantir a melhor qualidade de imagem

Se identificou uma boa posição no local, configure as definições. Configure a câmara para gravar imagens em formato JPEG e RAW. Isso dá-lhe mais liberdade no pós-processamento. Pode deixar o balanço de brancos ligado em automático. Mesmo que isto possa nem sempre produzir cores corretas, estas podem ser facilmente ajustadas no software. Defina a ISO para uma valor baixo, como 100, para evitar ruído na imagem.

Se pretende um controlo total da exposição, configure o seletor de modo para M (exposição manual). As câmaras Olympus permitem velocidades do obturador de até 60 segundos. Se quiser trabalhar com tempos de exposição ainda mais longos, escolha o modo Bulb.

Um tripé mantém a câmara estável

Mesmo que a sua câmara Olympus permita disparos de longa exposição manuais, recomendo que leve um tripé, para tempos de exposição longos é simplesmente necessário. Neste caso, a estabilização de imagem não é necessária, portanto desligue-a. Ao usar um tripé, é essencial controlar a câmara remotamente. Use o temporizador integrado ou um controlo remoto dedicado.

Múltiplas exposições aumentam as suas opções

No escuro, a câmara tem dificuldade em focar o assunto, pelo que é melhor fazer isso manualmente. Uma grande ajuda é a função “Focus Peaking”, com o qual pode consultar a sua precisão no LCD. Tirar mais do que apenas uma fotografia de uma situação específica dá-lhe a possibilidade de escolher a melhor mais tarde ou sobrepor imagens com exposição diferente numa só com software. Ou experimente a função HDR na sua câmara.

As minhas dicas para boas fotografias à noite:

• Prepare-se bem antes de sair

• Escolha uma objetiva grande-angular ou semi grande-angular para fotografia noturna

• Use um tripé para criar imagens bonitas e nítidas

• Trabalhe com um controlo remoto para evitar vibrações

• Crie múltiplas exposições de um só local usando definições de Bracket e sobreponha-as posteriormente

• Poderá ter de editar as suas imagens para corrigir as cores, a nitidez, contraste ou quaisquer distorções

Autor e Fotógrafo: Gerrit de Groot

Galeria de Imagens

Todas as imagens captadas com o seguinte equipamento